Quarta-feira, 22 de maio de 2024
- Anúncio -
começandoOláO que são purinas, quais alimentos as contêm e qual é a conexão...

O que são purinas, em quais alimentos elas estão e qual é a conexão com a gota?

As purinas são um tipo de composto químico encontrado em diversos alimentos e também produzidos naturalmente pelo organismo. Eles desempenham um papel importante na síntese de DNA, RNA e moléculas de energia, como o ATP. Pessoas cujo corpo mantém altos níveis de ácido úrico devem ter cuidado com o consumo desses produtos. A deposição de ácido úrico como cristais ao redor das pequenas articulações causa um ataque de gota. É doloroso e tem o risco de efeitos de saúde a longo prazo.

As purinas são decompostas em ácido úrico no corpo

Quando as purinas são decompostas no corpo, elas produzem um resíduo chamado ácido úrico. Geralmente é dissolvido no sangue e excretado do corpo através da urina. No entanto, em algumas pessoas, o corpo produz grandes quantidades de ácido úrico. Pode haver dificuldade em eliminá-lo efetivamente pela urina. Qualquer causa leva a uma condição conhecida como hiperuricemia.

Esta condição pode ocorrer com ou sem sintomas. Em algumas pessoas, são detectados valores laboratoriais elevados de ácido úrico, mas eles não têm queixas, não sentem nada. Outros têm sintomas. Um ataque típico de gota está associado a uma dor repentina no dedão do pé que geralmente ocorre à noite. De manhã, uma pessoa pode pensar que bateu em alguma coisa sem se lembrar. A dor é aguda, penetrante. Os sintomas também podem aparecer em outras articulações.

gota dieta nutrição purinas

Gota é uma forma de artrite que está diretamente relacionada a níveis elevados de ácido úrico no sangue. Quando os níveis de ácido úrico se tornam muito altos, ele cristaliza e se deposita nas articulações, tendões e tecidos circundantes. Isso leva a inflamação e dor intensa. O dedão do pé geralmente é afetado, mas a gota também pode afetar outras articulações, como tornozelos, joelhos, punhos e dedos.

Gota geralmente se desenvolve no contexto de síndrome metabólica. A gordura abdominal, o açúcar no sangue e a pressão arterial são elevados. Também pode haver dislipidemia – altos níveis de gordura no sangue (triglicerídeos, colesterol).

Alimentos ricos em purinas - por que a dieta é importante

A ingestão dietética de alimentos ricos em purina pode contribuir para o aumento dos níveis de ácido úrico no organismo. Alimentos ricos em purinas incluem carnes de órgãos (como fígado e rim), frutos do mar (como anchovas, sardinhas e vieiras), carne vermelha, alguns vegetais (como espinafre, cogumelos e couve-flor) e certas bebidas (como cerveja e bebidas açucaradas). No entanto, é importante observar que as purinas dietéticas contribuem apenas com uma pequena porção dos níveis totais de ácido úrico, já que a maior parte do ácido úrico é produzida internamente pelo corpo.

exame paciente médico

Além da dieta, outros fatores que podem contribuir para a gota incluem genética, obesidade, certos medicamentos (como diuréticos), condições médicas subjacentes (como doença renal) e consumo excessivo de álcool.

O tratamento para a gota geralmente envolve uma combinação de mudanças no estilo de vida e medicamentos. Isso pode incluir reduzir a ingestão de alimentos ricos em purina, manter um peso saudável, beber bastante água (para eliminar o máximo possível de metabólitos pela urina), limitar o consumo de álcool.

Em muitos casos, a medicação deve ser tomada para diminuir os níveis de ácido úrico, bem como para a dor durante os ataques de gota. Existem diferentes tipos de medicamentos que ajudam a eliminar o ácido úrico pelos rins. Essa terapia é importante porque altos níveis de hiperuricemia representam um risco de longo prazo para o coração e os vasos sanguíneos. Sem tratamento, a aterosclerose progride muito rapidamente.

Se você suspeitar que tem gota ou apresentar sintomas, é aconselhável consultar um médico para um diagnóstico preciso e tratamento adequado. Os especialistas que podem tratar esta doença são endocrinologistas, cardiologistas ou reumatologistas.

Quais produtos, alimentos contêm purinas?

dieta de proteína de carne

Aqui estão alguns exemplos de alimentos que contêm diferentes níveis de purinas:

Alimentos com alto teor de purina (mais de 200 mg por 100 gramas)

  • Carnes orgânicas (fígado, rim, pão doce)
  • Carne de caça (veado, coelho)
  • Anchovas, sardinhas e outros peixes gordos
  • Amêijoas, amêijoas e mais amêijoas
  • Molho e caldo de carne
  • Alimentos com teor moderado de purinas (entre 100-200 mg por 100 gramas):
  • Carnes vermelhas (boi, porco, cordeiro)
  • Aves (frango, peru)
  • Peixe (excluindo peixes oleosos mencionados acima)
  • Leguminosas (lentilhas, grão-de-bico, feijão)
  • Cogumelos, espinafre, espargos, couve-flor
  • Extratos de levedura (Marmite, Vegemite)

Alimentos com baixo teor de purina (menos de 100 mg por 100 gramas):

  • Produtos lácteos (leite, queijo, iogurte)
  • Ovos
  • Frutas e legumes (exceto os mencionados acima)
  • Cereais (arroz, pão, massa)
  • Nozes e sementes

É importante observar que o teor de purinas de certos alimentos pode variar e esses valores são aproximados. Além disso, as purinas dietéticas contribuem apenas com uma pequena fração dos níveis totais de ácido úrico no corpo. A maior parte do ácido úrico é produzida internamente.

Editora Ina Dimitrova

Postagens relacionadas
- Anúncio -

POPULAR

NOVO

- Anúncio -
pt_PTPT